segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

ANIMAIS: um poema de Frank O'Hara

Será que você esqueceu como éramos naqueles tempos
quando ainda éramos de primeira
e o dia nascia rechonchudo carregando uma maçã na boca

Inútil é se preocupar com o Tempo
mas nós tínhamos umas cartas na manga
e um jeito de virar direto nas esquinas

O pasto inteiro parecia refeição
o velocímetro era desnecessário
inventávamos coquetéis só com água e gelo

eu não desejaria ser mais veloz
ou mais verde que hoje se você estivesse comigo Oh você
era o melhor de todos os meus dias


versão: Miriam Adelman

Nenhum comentário:

Postar um comentário